A tropa

Um pai doente recebe a visita dos quatros filhos no hospital. O que seria apenas um encontro em função de um parente debilitado se revela um acerto de contas familiar, permeado de humor e afeto, tendo como pano de fundo os últimos 50 anos de História brasileira, dos tempos da ditadura militar à Operação Lavo Jato. Esta é a trama da peça A Tropa, estrelada por Otavio Augusto e dirigida por Cesar Augusto, que cumpre nova temporada no Rio, depois de passar por oito cidades do Brasil nos últimos dois anos e meio e arrebatar mais de 10 mil espectadores. A temporada será no Teatro Solar de Botafogo, de 21 de setembro a 15 de outubro, às sextas e sábados às 21h e domingos e segundas às 20h. A nova temporada no Rio celebra o lançamento em livro do texto de “A Tropa”, do autor Gustavo Pinheiro, na Coleção Dramaturgia (Editora Cobogó) e marca as comemorações pelos 50 anos de carreira no teatro de Otavio Augusto. Em cinco décadas, o ator trabalhou em dezenas de filmes, novelas, minisséries e clássicos dos palcos nacionais, como “A ópera do Malandro”, “Galileu Galilei” e “O rei da vela”, no Teatro Oficina. Longe do teatro desde 2009, Otavio Augusto ficou entusiasmado com a ideia de voltar aos palcos após ler A Tropa. Ele recebeu o texto do autor com um convite para protagonizar a montagem no papel de um ex-militar, viúvo e pai de quatro filhos. Um homem autoritário que, no leito de hospital, vê as relações veladas da família serem descortinadas. 

 

Teatro Solar de Botafogo (Rua General Polidoro, 180 – Botafogo)

De 21 de setembro a 15 de outubro (sexta a segunda)

Sextas e sábados às 21h Domingos e segundas às 20h

Telefone: 2543-5411 Ingressos: R$50 (inteira) e R$25 (meia)

Classificação indicativa: 14 anos

Gênero: Comédia dramática

Duração: 80 minutos

Lotação: 180 lugares

Funcionamento da bilheteria: 3af a sábado, de 16h às 20h

Vendas antecipadas no site: www.sympla.com.br

 

FICHA TÉCNICA – A TROPA:

Texto: Gustavo Pinheiro

Direção: Cesar Augusto

Elenco: Otavio Augusto (Pai), Alexandre Menezes (Humberto), Daniel Marano

(João Batista), Eduardo Fernandes (Artur) e Rafael Morpanini (Ernesto)

Cenografia: Bia Junqueira

Iluminação: Adriana Ortiz

Figurinos: Ticiana Passos

Fotos: Elisa Mendes

Realização: Me Gusta Produções, Angel Eventos e Casa Onze Produções

Compartilhar
Flô
06.10 - 28.10
Adubo
06.10 - 28.10
Chapéuzinho Vermelho - um musical brasileiro
06.10 - 04.11
Um homem, duas mulheres, três histórias
02.11 - 02.12
Montanee e Pretty Babies
18.10
Be e os Botos
24.10
Sururu na Roda
26.10
Mar Aberto
27.10
Ana Gabriela
03.11 - 04.11
Sinfonias
07.11
Luiza Meiodavila
22.11
Hotelo
24.11
Ícones do progressivo
29.11
Dramaturgias do corpoespaço com Marcelo Aquino
12.09 - 20.12
Direção de arte com Cris de Lamare
29.09 - 23.10
Ponto de poesia - Uma experiência poética
02.10 - 30.10