Sons vermelho

Inspirada no livro de poesias eróticas ‘O Livro Vermelho de Maria Vasco’, peça traz para o palco a liberdade da mulher pelo prazer, através do conhecimento do próprio corpo

Reestreia dia 22 de janeiro, segunda-feira, às 21h, no Teatro Solar de Botafogo, RJ.

Há alguns anos, o diretor, roteirista e cineasta Pedro Nogh vinha com o desejo de montar um espetáculo com elenco todo formado por mulheres. A ideia foi amadurecendo à medida que se inflamavam os discursos feministas na grande mídia, até que lhe apresentaram ‘O livro vermelho de Maria Vasco’. Inspirado nas poesias eróticas do livro, Pedro Nogh romanceou o texto e retorna ao palco do Teatro Solar de Botafogo com a segunda temporada de ‘SONS DE VERMELHO’, com apresentações em três segundas-feiras, dias 22 e 29/01 e 05/02, sempre às 21h. A segunda temporada, que traz cenas inéditas e novidades na cenografia e sonoplastia, conta também com um novo talento como protagonista, a atriz Tainá Nogueira. Agora, ‘SONS DE VERMELHO’ é estrelado por Tainá Nogueira, Renata Mattos, Danielle Oliveira, Maria Augusta Montera, Bel Machado, Viviane Cataldi e Ana Moura, grupo de atrizes formadas pela CAL (Centro de Artes de Laranjeiras), que levam à cena a liberdade da mulher pelo gozo, em um projeto multidisciplinar que reúne linguagens de teatro, performance e dança. “Para dirigir uma peça que fala com intimidade sobre o universo feminino, a contribuição das atrizes na criação do texto foi fundamental. A peça mergulha nas profundezas do gozo e prazer feminino através de uma conversa descontraída sobre orgasmo e empoderamento feminino. Aborda um assunto sério, com muito bom humor.” Afirma Pedro, diretor que sempre trabalha a criação em parceria com seus elencos. A dramaturgia discorre sobre a relação de duas irmãs; a mais nova (Tainá Nogueira), ainda em fase de descoberta do prazer, é orientada pela mais velha (Danielle Oliveira) a mergulhar em um universo sensorial proposto por um livro sacralizado em família: O Livro Vermelho. A imersão à obra - a partir de um ritual onírico liderado por uma Chapeleira Mística (Viviane Cataldi) - coloca a personagem em contato com as nuances da sexualidade humana representadas por quatro entidades: a masturbação (Maria Augusta Montera), a homossexualidade (Renata Mattos), a heterossexualidade (Bel Machado) e a multiplicidade sexual (Ana Moura). Toda a narrativa é apresentada por linguagens que transitam da poética falada à dança, significando as formas de prazer através de sons projetados pela palavra e pela música. A cenografia de Sons de Vermelho, assinada pelo artista Vinícius Fragoso, se inspira nas obras da escritora e artista plástica Maria Vasco, dando vida a materiais reaproveitados em forma de esculturas, que preenchem o palco. Sem música de fundo, a sonoplastia será explorada através de uma rítmica de sons rústicos, que são produzidos pelo próprio elenco. “A peça é curta, não passa de 1 hora de duração, para que as pessoas tenham tempo de conversar sobre o que viram e troquem sobre o tema, sem pudor. Queremos incentivar homens e mulheres a conversar sobre domínio da mulher pelo corpo e pela autonomia da sexualidade.” Finaliza o diretor.

FICHA TÉCNICA: Direção: Pedro Nogh Assistência de Direção: Danielle Oliveira Cenografia: Vinícius Fragoso Elenco: Maria Augusta Montera, Renata Mattos, Danielle Oliveira, Viviane Cataldi, Bel Machado, Ana Moura e Tainá Nogueira. Dramaturgia: Pedro Nogh e Maria Vasco. Apoios: Casa das Artes de Laranjeiras - CAL e Ateliê Vida Secreta

Nos dias 22 de janeiro, 29 de janeiro e 05 de fevereiro de 2018 (segundas) às 21h

Inteira R$ 40,00

Meia R$ 20,00

Compartilhar
Oficina prática de montagem com Hamilton Vaz pereira
24.09 - 18.12
Direção de arte com Cris de Lamare
29.09 - 23.10
Boneco Animado com Quiá Rodrigues
15.09 - 06.10
Dramaturgias do corpoespaço com Marcelo Aquino
12.09 - 20.12
AMIGOS DO SÃO VICENTE COM O PÉ NA ESTRADA CONVIDA CORAL SÃO VOZES
26.09
Ponto de poesia - Uma experiência poética
02.10 - 30.10
Luiza Meiodavila
22.11
Lienne
04.10
3 anos do programa Hip Hop Brazil
25.09
Chapéuzinho Vermelho - um musical brasileiro
06.10 - 04.11
Flô
06.10 - 28.10
Adubo
06.10 - 28.10
A tropa
21.09 - 15.10
A tropa
21.09 - 15.10