O Espaço II foi inaugurado no dia 25 de agosto de 2007, com “Jozú, o encantador de ratos” de Hilda Hilst, monólogo com Carla Tausz, dirigido por Alexandre David.

Esta nova sala de 40m² e capacidade para até 50 espectadores (dependendo da disposição das cadeiras) foi criada com a proposta de se transformar num pólo de produção de espetáculos experimentais e/ou que tenham a pretensão de examinar e pesquisar novas linguagens cênicas.

O artista multimídia Dudu Garcia, foi quem desenvolveu uma instigante “instalação cênica” e transformou o espaço numa das principais atrações do centro cultural.